Início COLUNISTAS Bayard Boiteux Dia Mundial do Turismo, dia Nacional do Turismólogo e o Museu do...

Dia Mundial do Turismo, dia Nacional do Turismólogo e o Museu do Artesanato de Cocco Barçante

COMPARTILHAR

Domingo (27), é dia mundial do turismo e dia nacional do Turismólogo .Para comemorar tão importantes datas ,visitei ontem o museu do artesanato do Estado do Rio de Janeiro ,em Petrópolis ,dirigido pelo Embaixador do Rio ,Cocco Barçante .Nunca imaginei a riqueza de um espaço cultural,construída através do coletivo e do afeto .E um exemplo de solidariedade na Arte e na forma de valorizar cada talento ,muitas vezes esquecido por falta de visão do outro e preconceito com o fazer alheio .
Me senti dentro de um templo da diversidade ,em que cada peça tinha uma história ,carregada não só de emoção mas de convicção de que o mundo é plural e que somos um conjunto de aptidões que se completam.E uma casa de cultura que está em constante construção ,apoiada em pilares de que juntos somos sempre mais fortes e que cada um pode e deve colaborar com a riqueza e beleza do fazer .

Vi nos olhos azuis de Cocco ,uma humildade dos sábios e uma criatividade constante que pode ser percebida em cada novo momento criado para homenagear o artesanato .Foram muitas atividades na presente semana como visita virtual ,sarau e uma loja virtual para comercialização dos produtos dos diversos atores que ali se fazem eternizar .

Ele e sua curadora Glória Correia ,uma pedagoga aposentada que vive a intensidade do pensar e pesquisar um Brasil diferente ,bem longe de ideias retrógradas que hoje maculam nossa trajetória de aceitação do outro como uma riqueza infinita ,que a democracia preconiza e se transforma em símbolo de uma luta pela igualdade de direitos e defesa dos mais vulneráveis me deram uma aula de Cidadania .

Devo confessar que subir a serra ,numa manhã ensolarada ,cheia de verde ,visitar minha amiga Neyse e avistar o Quitandinha de longe me fizeram lembrar de minha infância e adolescência na bonita casa da Ipiranga ,de meus tios Ana Maria e Colbert ,onde passei férias e participei de eventos .E uma Petrópolis cheia de encantos e evoluções turísticas que encontramos .

Foi o momento propício para fazer várias reflexões sobre o turismólogo ,que tem nas inúmeras disciplinas que estuda a possibilidade de fazer revoluções no turismo ,de pensar soluções e de se apropriar de todo o potencial de cada localidade e transformar em produto .Como o artesão ,ainda não teve o devido reconhecimento mas continua prosseguindo sua caminhada de descobertas .

Foi um momento ímpar de minha vida ser recebido com generosidade mas firmeza de propósitos e entender que o museu é o espaço do devir ,da ética e do respeito ao diferente e desconhecido ,repleto de solidão e perplexo com reflexões de aceitação .

Viva a Casa de Cultura do Cocco,onde outras pessoas dividem o espaço com ele e ajudam um mundo melhor ,que pensa e que produz .

Bayard Do Coutto Boiteux é professor universitário ,cidadão do mundo ,escritor e pesquisador .Trabalha voluntariamente no Instituto Preservale e na Associação dos Embaixadores de Turismo do Rj .