Início Companhia Aérea Durante a Páscoa, Portugal fecha aeroportos e instaura quarentena

Durante a Páscoa, Portugal fecha aeroportos e instaura quarentena

COMPARTILHAR

Medida valerá para todos os aeroportos do país durante o período da Páscoa

Medida valerá para todos os aeroportos do país durante o período da Páscoa

Todos os aeroportos de Portugal estarão fechados durante a Páscoa para tentar conter a pandemia do coronavírus (Covid-19). A medida foi anunciada pelo primeiro-ministro de Portugal, António Costa, após o Conselho Europeu anunciar as novas medidas adotadas pelo país diante à pandemia de Covid-19 em reunião por vídeoconferência. A medida é valida a partir do dia 9 de abril para todos os aeroportos e seguirá em vigor até o dia 13 de abril.

“Iremos, no período das 00h00, do dia 9, até o dia 13, encerrar o tráfego de passageiros em todos os aeroportos nacionais. É uma medida tomada buscando evitar circulação exterior para Portugal ou de Portugal para o exterior”, explicou António Costa.

Fora desta restrição estão os voos de carga, de natureza humanitária ou de repatriamento de portugueses no estrangeiro, voos de Estado ou militares. Além destas medidas, existe ainda a possibilidade da ministra da Saúde e o ministro da Administração Interna definirem os “países ou territórios cuja origem determina necessariamente consulta médica tendo em vista prevenir a difusão de contaminações por parte de quem venha de regiões e países onde há uma especial incidência desta epidemia”, de acordo com o primeiro-ministro.

No mesmo período, fica proibido também sair de sua residência no país. Além disso, as aglomerações com mais do que cinco pessoas estão proibidas nos próximos quinze dias, enquanto vigorar a “segunda fase” do estado de emergência. A medida foi aprovada em Conselho Extraordinário e consta no decreto-lei que executa o decreto presidencial do estado de emergência.