Início Cruzeiros O maior navio turístico a aportar no Brasil: Seaview

O maior navio turístico a aportar no Brasil: Seaview

COMPARTILHAR

No boom dos cruzeiros no Brasil, na temporada de 2010/2011, 20 navios aportaram em águas tupiniquins. Desde então, o mercado encolheu (serão seis nesta temporada) e as novidades para os cruzeiristas diminuíram sensivelmente. Este ano, contudo, a maré parece ter mudado (perdoe o trocadilho) com a chegada do novíssimo MSC Seaview. Trata-se do maior navio turístico a aportar por aqui, construído exclusivamente para navegar em regiões de climas quentes e tropicais – como o litoral brasileiro.

MSC Seaside, Zip line

O projeto foi desenvolvido para que os hóspedes aproveitassem ao máximo as áreas externas. Além das sempre disputadas piscinas (são cinco ao todo), a embarcação conta com uma promenade à beira-mar, no oitavo piso, que pode ser vista da Ponte dos Suspiros, passarela de vidro no 16.º andar.

“Trata-se de uma experiência mais próxima ao nível do mar. Justamente por isso acreditamos que o navio agradará aos brasileiros, que estão acostumados com esse tipo de clima e poderão ter mais espaços a céu aberto”, diz o diretor-geral da MSC no Brasil, Adrian Ursilli.

O transatlântico aporta em 2 de dezembro em Salvador, segue para o Rio e depois para Santos, onde fica alocado até retornar à Europa, em março do próximo ano. Por aqui, fará roteiros de três, quatro, seis e sete noites, que englobam destinos como Búzios (RJ), Ilha Grande (RJ) e Balneário Camboriú (SC).

A embarcação tem capacidade para mais de 5 mil hóspedes, distribuídos em 2.066 cabines. Segundo a MSC, o Brasil ainda é um mercado promissor e estratégico.

“Mesmo com a crise, o Brasil continua sendo um dos públicos mais fortes. Se não quiséssemos investir, jamais faríamos algo assim, totalmente planejado para os brasileiros”, afirma o CEO da MSC Cruzeiros, Gianni Onorato.

A cerimônia de batismo do navio, realizada no porto de Gênova, na Itália, no início de junho, contou com a presença da atriz italiana Sophia Loren, madrinha de toda a frota da MSC Cruzeiros.

 

Fonte: Viagem, Estadão