Início Destaques 5 dicas para fazer um bom programa de hotéis

5 dicas para fazer um bom programa de hotéis

COMPARTILHAR

Quais são os fatores que fazem um bom programa de hotéis? Para descobrir, basta basear-se nos dados coletados das milhões de reservas que são feitas todos os dias. E uma coisa que pode surpreender os gestores de viagens corporativas é que o tamanho total do programa não importa.

Em vez disso, o que importa é o número de noites que pode ser oferecido a um hotel em troca de um bom desconto e de sua capacidade de alterar esse volume conforme necessário. Quando estabelecidos esses dois pontos, os savings virão.

Com base em dados, a Tripbam, startup que oferece automação e atendimento a empresas que buscam essa contenção de gastos nos programas hoteleiros, levantou alguns pontos que as companhias devem seguir para maximizar sua economia. Confira:

1. Cobrir quantas reservas puder com um desconto de hotel preferencial

Contanto que dê para auditar, o tipo de taxa negociada não importa, seja dinâmica ou fixa. O desconto em comparação com o mercado deve ser de 25% ou mais, quando houver volume.

Por isso, cubra quantas reservas for possível com descontos. Para alcançar a cobertura mais ampla, o fornecimento dinâmico é a resposta. Não espere até uma vez por ano para obter as negociações, tenha assim que for necessário, monitorando os gastos continuamente.

2. Certificar que os hotéis preferenciais estão apresentando o desempenho esperado em quatro métricas principais

O desconto daquele hotel deve ter uma média de pelo menos 25% abaixo da taxa de mercado

Certifique-se de que, por meio da auditoria de taxas diárias, o desconto seja concedido em pelo menos 90% das vezes

Compare a taxa negociada com as de outras empresas com gastos semelhantes nesse hotel

Monitore regularmente o desempenho do hotel. Se ele não estiver tendo resultados como esperado, entre em contato para corrigir o problema ou removê-lo do programa. Não espere até o final do ano para fazer uma mudança

3. Cobrir mercados secundários com um desconto global de 15% ou mais

Tente obter a last room availability ou a economia real será metade do que o esperado. Se não puder obter um desconto por toda a cadeia, considere pesquisar em um grupo seleto de hotéis dentro de uma área para mover reservas para os melhores hotéis com a melhor taxa.

4. Cobrir o resto com um desconto de grupo

Quaisquer reservas não cobertas por um desconto em nível de propriedade ou em toda a cadeia devem ser cobertas pela pesquisa em um grupo de hotéis que atendam a determinados critérios definidos pelo usuário, por sua agência de viagens ou por um desconto de consórcio.

5. Estabelecer a capacidade de transferir o volume conforme necessário para hotéis altamente preferenciais ou para propriedades não preferenciais

Clientes com capacidade comprovada de transferir ações obtêm descontos muito maiores. Isso pode ser feito por meio da configuração adequada da ferramenta de reservas on-line e das compras diárias para obter a melhor taxa em um grupo de hotéis preferenciais para levar os viajantes às propriedades onde a empresa deseja que eles se hospedam.