Início Destaques Belo Horizonte

Belo Horizonte

COMPARTILHAR
Pampulha - Crédito divulgação

Cidade se destaca em nosso País com sua importância econômica e vasto patrimônio histórico e cultural

 

Por Jefferson Cruz

 

Envolto a lindas montanhas, cachoeiras e cidades históricas, Belo Horizonte, ou simplesmente BH, como é chamada carinhosamente pelos moradores e turistas, é o destino certo para quem quer se aventurar e conhecer um pouco mais sobre o rico patrimônio histórico e cultural de nosso País.

Considerada a quarta cidade mais rica do Brasil, com PIB (Produto Interno Bruno) estimado em 87 bilhões de reais e mais de 2,5 milhões de habitantes, BH se destaca no cenário nacional e atrai cada vez mais visitantes do Brasil e do exterior.

Praça da Estação – Crédito Pedro Vilela

Com aspectos de cidade do interior e ares de modernidade, BH encanta a todos com suas belezas naturais e seus tradicionais pontos turísticos.  O paraibano Paulo Rocha, 36 anos, teve a oportunidade de conhecer a cidade e que que o local que mais o cativou durante a curta jornada foi o Mirante do Mangabeiras. “Eu soube do mirante por alguns amigos e eles falaram que o local era pouco visitado, Sei que antigamente havia pouca segurança, mas hoje, depois da reforma, o espaço ficou bem estruturado e está preparado para receber todo mundo. Lá de cima do Mirante, a gente consegue ver uma das melhores vistas da cidade e inclusive meditar”.

Parque das Mangabeiras – Crédito Isabel Baldoni

Já a jornalista belo-horizontina radicada em São Paulo, Flávya Pereira, 31 anos, se lembra com carinho da Praça da Liberdade. “Em Belo Horizonte, eu gosto é desta praça. Além de ser gostosa e calma, dependendo do horário, tem um complexo de museus. É uma área cultural e de se relaxar ao mesmo tempo”.

Praça da Liberdade – Crédito Isabel Baldoni

A jornalista e moradora da cidade há 44 anos, Daniela Maciel, de 45 anos, também aprecia este espaço. “No entorno da Praça são mais de 15 museus em prédios históricos que antes abrigavam órgãos do poder público estadual, inclusive o Palácio da Liberdade, que era a sede do governo. São museus variados, desde especializado em artesanato local, até uma unidade do CCBB, Casa Fiat, Espaço do Conhecimento com observatório estrela e Museu da Moda, entre outros. O meu predileto é o Museus das Minas e do Metal (MMM). Nele de forma bem interativa e tecnológica é possível conhecer a riqueza mineral não só de Minas, mas do mundo inteiro, e entender como a mineração marca a alma do nosso povo. Não é à toa que se transformou no nosso gentílico”, afirma.

O Mercado Municipal Central também faz sucesso entre os moradores e turistas. “Ele é considerado o símbolo da cidade e já foi eleito o terceiro melhor mercado do mundo. Aqui costumamos dizer que se você precisa de um ingrediente e não achar no Mercado Central é porque ele não existe. É um lugar que revela bem a alma do mineiro, como todos os sabores, cores e aromas. Além de produtos gastronômicos de todos os lugares do mundo, lá você encontra artesanato, itens para casa, roupas, restaurantes e boa ‘prosa’”.

Apesar desses pontos históricos conceituados, Pereira afirma que os turistas podem encontrar alguns incômodos e os preços podem ser um. “Belo Horizonte é a capital do estado, então não é exatamente uma cidade barata, mas também não é a mais cara do Brasil. Em comparação com Rio e São Paulo, a hospedagem e comida são mais em conta. Mas em comparação com outras cidades, pode ser mais cara. Restaurante, bar, lanchonete, cafés tem para todos os bolsos e gostos”.

Praça da Estação – Crédito Pedro Vilela

“A cidade tem boa infraestrutura e uma rede hoteleira com excelente qualidade. Há deficiência na questão dos transportes, pois o nosso metrô só tem uma linha e não atende toda a cidade. Mas é possível visitar os pontos turísticos de ônibus e BRT. Em extensão, a cidade é relativamente pequena, então muitas vezes vale a pena usar um aplicativo de transporte, especialmente no centro e aproveitar as tarifas compartilhadas”, lembra Maciel.

 

Circuito Cultural Praça da Liberdade

Endereço: Praça da Liberdade, 317 – Funcionários Belo Horizonte/MG.

 

Centro Cultural Banco do Brasil

Endereço: Praça da Liberdade, 450, Funcionários.

Funcionamento: Quarta a segunda, das 9h às 21h (fecha às terças).

Entrada: grátis.

 

Casa Fiat de Cultura

Endereço: Praça da Liberdade, 10, Funcionários,

Funcionamento: terça, quarta, quinta e sexta, das 10h às 21h; sábado, domingo e feriados, das 10h às 18h.

 

Museu das Minas e do Metal

Endereço: Praça da Liberdade, s/nº, Funcionários (Prédio Rosa)

Funcionamento do museu: de terça a domingo, das 12h às 17h; quinta, 12h às 21h.

Entrada: grátis

 

Mercado Municipal de Belo Horizonte

Endereço: Av. Augusto de Lima, 744 – Centro, Belo Horizonte.

Visita guiada pelo telefone: (31) 3277-4691

 

Mirante do Mangabeiras

Funcionamento: de terça-feira a domingo, das 9h às 20h (entrada permitida até 19h30).