Início Destaques Oficinas, lives e tours temáticos: Museu do Café desenvolve agenda virtual dinâmica...

Oficinas, lives e tours temáticos: Museu do Café desenvolve agenda virtual dinâmica para julho

COMPARTILHAR

Museu do Café – Divulgação

Com muitas novidades, e uma programação cheia de atividades online gratuitas, o Museu do Café — da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo — terá uma agenda movimentada em julho. Só na primeira quinzena do mês, a instituição promoverá ação colaborativa nas redes sociais, duas visitas temáticas na plataforma Google Arts & Culture, workshop de fotografia e várias lives no Instagram, ações que buscam destacar a história e cultura do grão e trazer o público para perto desse grande patrimônio nacional.

Ação colaborativa – Dia dos Avós

1 a 26 de julho

Para muitos, o café é uma tradição de família e um costume que começou na infância, vendo os avôs e avós preparando a bebida antes da escola, no encontro à tarde e depois do jantar. Pensando em celebrar esse relacionamento, o Museu incentiva o público a resgatar fotografias dessas pessoas tão especiais fazendo ou consumindo o cafezinho e enviar o conteúdo selecionado ao MC pelas redes sociais (por inbox ou comentário). As imagens serão reunidas em um álbum no Facebook e, até o dia 26 de julho, os seguidores poderão votar nos seus registros preferidos.

O clique que receber a maior quantidade de interações revelará o ganhador de dois kits (incluindo caneca, café gourmet, chaveiro, bloquinho, lápis e mais) preparados pela instituição: um para o neto(a), e um para o avô(ó).

Visitas educativas temáticas

1 e 15 de julho

O setor educativo continua a desenvolver tours online baseados em diversos assuntos transversais à história e cultura do grão. As ações visam reaproximar os visitantes nesse período de quarentena, levantando questões como “Por quantas mãos passam o seu café?” e “Por que tomar café é um hábito tão comum entre os brasileiros?”. A partir dessas perguntas, os educadores da instituição desdobram as relações sociais e de trabalho ligadas ao produto, abrindo uma ponte com o público, que visa estabelecer conexões e proporcionar uma experiência diferenciada para quem está em casa.

As atrações serão lançadas, respectivamente, nos dias 1 e 15 de julho.

Curso de introdução ao barismo

6 de julho, às 15h

Neste mês, os amantes do cafezinho terão outra oportunidade para aprender as teorias para extrair o melhor da bebida no método coado e na máquina de espresso. Isso porque, no dia 6, o barista Hallyson Ramos receberá os alunos em um encontro virtual para explicar as etapas por trás desses processos, incluindo tipos de torra e os pontos de moagem, os diferentes requisitos para cada utensílio, a importância da água e outros detalhes para garantir um bom resultado na xícara.

O cadastro deve ser feito por meio do e-mail inscricao@museudocafe.org.br e não tem custo.

Live “Saúde do corpo e as epidemias”

7 de julho, às 19h

Os museus do Futebol e do Café convidam o público para um bate-papo sobre a relação das epidemias com a saúde do corpo por meio dos esportes, como ideal de modernidade. O pesquisador Bruno Bortoloto, integrante da equipe técnica do MC, e a Camila Aderaldo, coordenadora do Centro de Referência do Futebol Brasileiro (CRFB), realizarão essa conversa no Instagram @museudofutebol, na primeira terça-feira do mês (7), às 19h.

Live “Colecionando Histórias Orais”

13 de julho, às 17h

Dando continuidade à parceria com o Museu da Imigração, a atividade terá como foco as ações ligadas a produção e utilização de entrevistas a partir da metodologia da história oral. Os pesquisadores Pietro Amorim (MC) e Angélica Beghini (MI) explicam, no Instagram, a importância desse processo no colecionismo das instituições, tomando como base os projetos dos dois equipamentos. Os especialistas apresentarão, ainda, como é feita a escolha dos participantes, a captação, a edição e a utilização desse material nas pesquisas, exposições e programações. Além disso, abordam a humanização e as relações sociais que se tornam focos centrais graças a esse recurso.

Lives com o barista do Museu

10 e 24 de julho, às 11h

Ramos também é responsável pelas lives no Instagram do MC, programação que leva informações, dicas, orientações, truques e segredos envolvendo o preparo caseiro da bebida. Compartilhando detalhes, métodos de extração e receitas, o profissional incentiva o público em isolamento social a enxergar o café como um hobby e, nesse período, aprimorar a bebida com algumas etapas acessíveis e de fácil execução.

Quinzenalmente, às sextas-feiras, a ação ocorrerá às 11h. No IGTV da instituição, estão disponíveis as transmissões promovidas no mês de junho, para quem deseja assistir esse conteúdo em preparação às novas pautas!

Oficina “Olhar fotográfico dentro de casa”

15 de julho, às 18h

Levando em consideração o sucesso da primeira edição desse workshop gratuito, realizado em junho, o Museu do Café resolveu convidar o fotógrafo Gino Pasquato para ministrar mais uma versão da aula, no dia 15 de julho, às 18h. A proposta da capacitação é treinar o olhar e a percepção dos alunos, despertando uma visão apurada das cenas que acontecem durante o dia a dia em casa e proporcionam circunstâncias ideais para boas fotos.

Os interessados em participar não precisam de equipamentos profissionais ou conhecimento prévio, sendo necessário, apenas, que realizem a inscrição por meio do e-mail inscricao@museudocafe.org.br.

Serviço : museudocafe.org.br