Início Destinos Saiba quais são algumas das praias brasileiras mais paradisíacas

Saiba quais são algumas das praias brasileiras mais paradisíacas

COMPARTILHAR

Urbana, deserta, selvagem, de ilha, tranquila ou badalada, calma ou agitada. Em matéria de praias, não há o que o Brasil não possa oferecer: da mágica das marés à infraestrutura para visitantes.

Confira a lista abaixo:

NORTE

No Pará, a praia da Princesa, na Ilha de Algodoal, é uma boa pedida para quem gosta de locais rústicos e exóticos. Para ter acesso ao cenário bucólico que envolve o longo caminho até a praia, o visitante deve gostar de aventura para desfrutar do percurso cercado por uma enseada com dunas.

O trajeto simplificado até a ilha fica pelo vilarejo de Marudá, a 170 km de Belém, por estrada asfaltada. Na praia, o banhista ainda pode desfrutar de vários bares que cercam o local, normalmente coroado por um pôr do sol cinematográfico, mas recomenda-se que a visita seja evitada nos meses de janeiro e julho, quando a ilha fica lotada. Nos demais, o turista tem a sensação de que é dono da praia.

NORDESTE

No caso do Nordeste, sugerir os melhores destinos é uma tarefa nada fácil. O litoral é repleto de belas praias urbanas, semidesertas ou desertas. Os exemplos são incontáveis, mas em todas as listas devem constar a praia de Lagoinha – a 124 km da capital Fortaleza – um dos mais magníficos cartões postais do estado do Ceará.

Nos seus 15 km de extensão, o turista pode ver lagoas de água doce, coqueiros e um mar verde turquesa, formando cenários espetaculares. Em uma das extremidades está a paisagem mais bela desta praia: entre duas dunas avermelhadas, onde contrasta o verde dos coqueiros em meio à encosta, a praia faz uma espécie de meia-lua que desemboca em arrecifes no mar. É a versão tropical do paraíso!

Descendo o litoral, é no estado do Rio Grande do Norte que o turista vai chegar à incrível praia de Pipa, um dos cinco destinos mais visitados da região nordestina. O charme praiano do vilarejo é o que torna Pipa famosa entre todos os perfis de turistas: dos viajantes mochileiros às famílias, dos turistas estrangeiros aos brasileiros interessados em conforto e tranquilidade. A praia é especialmente concorrida nos finais de semana prolongados, quando grandes grupos de gente jovem e bonita vai à cidade colocar o pé na areia. Daí vem a fama local pela vida noturna agitada da pequena praia potiguar.

As praias pernambucanas não fogem à regra: tudo, neste litoral, é de tirar o fôlego! O arquipélago de Fernando de Noronha é o “diamante caribenho” do Brasil. Destino eleito por quem adora a natureza, mas também por surfistas, mergulhadores, ecoturistas, casais em lua-de-mel, fotógrafos e banhistas em geral. Tudo isso, é claro, graças às paisagens que não saem dos rankings internacionais de preferência dos viajantes – como a Baía do Sancho, eleita em 2014 pelo TripAdvisor a melhor praia entre mais de 300 exemplares de 42 países. Muito justo!

Se a ideia é um roteiro mais tranquilo, mas sem abrir mão de um oásis de águas cristalinas e belezas naturais – a sugestão é Porto de Galinhas, a 60 km do aeroporto dos Guararapes, em Recife (PE). Os seus 18 km de praias de areia branca e mar transparente, rodeada por coqueiros e arrecifes que formam as suas inconfundíveis e disputadas piscinas naturais, estão entre os atrativos do lugar, que dispõe de um cardápio de belas praias contínuas, como Camboa, Muro Alto, Cupe, Maracaípe e Pontal de Maracaípe.

Para quem escolher Alagoas, aqui vai o aviso: prepare-se para se apaixonar loucamente por este lugar. São 230 km de mar verde esmeralda o ano inteiro. O cenário é tão deslumbrante que um dos destinos foi batizado em homenagem ao cenário de rara (e quase inacreditável) beleza: São Miguel dos Milagres. No vilarejo de Milagres, da cor da água ao azul do céu, tudo parece mesmo um milagre. Tem época de praia (semi) deserta, e na alta temporada e eventos, está entre as mais badaladas do país. O que não muda é a beleza natural, ressaltada pela “mágica das marés”, que formam piscinas represadas entre recifes e grandes bancos de areia nas águas repletas de vida marinha. Dá para caminhar um bom pedaço de areia com a água batendo na canela, o que a transforma em destino dos sonhos também para famílias com crianças.

O estado possui dezenas de cenários litorâneos que estão entre os mais cobiçados do Brasil: Maragogi, com suas piscinas naturais que são os próprios símbolos do destino; a capital, Maceió, e suas praias urbanas ornadas pelas lindas orlas de Ponta Verde e Jatiúca; as praias do Gunga, de Carro Quebrado, de Japaratinga, do Francês e de Camaragibe, cada uma com seu encanto e exclusividade.

Para aqueles que preferem o agito da cidade, Salvador dispõe não só de belas praias mas também de eventos badalados e uma infinidade de festas que deixam a alegria baiana à mostra para o mundo, especialmente no verão. Em matéria de litoral, as melhores opções estão bem próximas do centro: Patamares, Itapoã, Praia do Flamengo e Stella Maris.

Já aos viajantes que procuram um pouco mais de sossego e privacidade, mantendo o contato com a natureza, a indicação é Ilha de Itaparica, na Baía de Todos os Santos (BA). O local é conhecido por ser um balneário de repouso e fonte de saúde, por causa das suas maravilhosas praias e da água mineral que jorra da Fonte da Bica, localizada dentro da cidade.

Outro lugar imperdível é a vila Morro de São Paulo, no norte da ilha de Tinharé, situada no litoral sul da Bahia. Morro é uma antiga vila de pescadores, um paraíso que foi pouco a pouco sendo descoberto pelos turistas. O lugar atrai milhares de visitantes todos os anos, especialmente do Brasil e da Europa, que procuram a beleza e a tranquilidade das suas águas e piscinas naturais. Lá, as praias são denominadas de Primeira, Segunda, Terceira e Quarta Praia e mais ao sul, encontram-se as praias de Guarapuá e da Barra.

SUDESTE

O clima tropical do Espírito Santo é um convite para quem gosta de provar do melhor. O litoral capixaba reúne dunas, praias desertas e semidesertas, enseadas, águas mornas e cristalinas e também as famosas praias com areia monazítica, muito utilizada para o uso medicinal. Um exemplo é a praia da Areia Preta, no município de Guarapari.

Na região metropolitana, uma excelente opção é a Praia da Costa, em Vila Velha, onde o cenário é do típico verão brasileiro: esportes na areia, gente bonita, música e água de coco para refrescar os banhistas. Se a ideia for algo mais tranquilo, Itaúnas ou Dunas de Itaúnas, pequena vila a 270 km ao norte da capital Vitória, pode ser a escolha certa.

Se a intenção é conhecer praias famosas e algumas das melhores baladas do Brasil, então o seu destino deve ser o Rio de Janeiro. As “princesinhas” das praias brasileiras estão, sem dúvida, na Cidade Maravilhosa: Ipanema, com seu Posto Nove e o desfile de jovens e celebridades, além da bela vista do pôr-do-Sol; Copacabana, um símbolo internacional de turismo no Brasil, e a experiência de passear pelo seu democrático e incrível calçadão. Para os visitantes, outra dica é aproveitar o canto esquerdo do Leme ou o Posto 6, canto direito, para apreciar a vista do Pão de Açúcar.

Para fugir dos grandes centros, a Praia do Meio, em Paraty, é o lugar exato na parte sul do estado do Rio. São duas praias gêmeas de águas claras, separadas por pedras e cercadas por montanhas e mata nativa. Para quem quiser desbravar as proximidades, há trilhas que levam a outras belas praias da região.

Em São Paulo, a dica é conhecer a maior ilha marítima do Brasil, Ilhabela. É um dos principais redutos de velejadores do país, com inúmeras atrações e praias para se visitar e se encantar.

SUL

O litoral sul do Brasil pode ser menos extenso, mas também reserva aos visitantes e nativos uma diversidade de praias. Quem quiser conferir pode começar pela Ilha do Mel, o cartão de visitas do Paraná. A ilha tem 90% de sua área total carimbada como reduto de Preservação Ambiental e é conhecida por possuir a Floresta Atlântica, a mais preservada do país. Isso proporciona ao turista conhecer diversas praias desertas cercadas por muito verde, manguezais, restingas e Mata Atlântica. Por ser uma área de preservação, o limite máximo de visitantes é de cinco mil pessoas por dia.

Já os catarinenses oferecem a famosa praia de Jurerê, ao norte da ilha de Florianópolis, conhecida pelo mar calmo e limpo. Contudo, para quem busca diversão, o lado esquerdo, conhecido como Jurerê Internacional, dispõe dos melhores beach clubs do Brasil. O bairro é famoso pelas mansões, carros de luxo, muitas festas e gente bonita durante o verão.

Balneário Camboriú, também em Santa Catarina, é igualmente famosa por suas belas praias e noites agitadas. Possui a mais ampla estrutura do sul do país, pronta para receber milhares de turistas durante todo o ano. A praia de Camboriú, com 7 km de extensão, está sempre acompanhada pelo calçadão da Avenida Atlântica e seus altos edifícios. Mas quem quiser fugir um pouco do movimento pode seguir para Laranjeiras, Taquarinhas, praia do Pinho – a primeira do Brasil reservada para os adeptos do naturismo –, Estaleiro ou Estaleirinho.