Início Destaques Rua 24 Horas se consolida como polo gastronômico em Curitiba

Rua 24 Horas se consolida como polo gastronômico em Curitiba

COMPARTILHAR

Considerado um dos principais pontos turísticos da capital paranaense, o espaço teve seu auge na década de 1990 e se reestruturou para voltar aos bons tempos

 

Em 1991, foi inaugurada em Curitiba a primeira rua com serviços 24 horas do Brasil. A então chamada Rua 24 Horas, rapidamente tornou-se ponto de encontro dos curitibanos e dos turistas que desembarcavam na capital paranaense. Porém, com o passar do tempo, a rua foi tornando-se obsoleta, o que causou seu fechamento em 2007. Quatro anos mais tarde, em 2011, a Rua 24 Horas volta à ativa, após uma longa reforma com menos lojas em funcionamento e com seu horário restrito para funcionamento.

Após esta reabertura, muitas pessoas que frequentavam a rua antigamente, não voltaram a utilizar o espaço. Principalmente os jovens, que não conviveram no tempo em que o espaço estava em pleno funcionamento, baixando consideravelmente o movimento de consumidores na região. Agora, reestruturada e pronta para receber novamente o público, a Rua 24 Horas se reinventou, apostando em sua vertente gastronômica para reconquistar os curitibanos, e já apresenta quase 100% de ocupação.

“Nós temos assumido este compromisso de trazer novidades ao consumidor. Para aproximar aqueles que frequentavam o espaço, mas também os mais jovens, turistas e todos que veem a Rua 24 Horas como um ponto de encontro. Pensando nisso, nada melhor do que oferecer uma gastronomia de qualidade, com dezenas de opções para quem quer curtir a cidade”, explica o presidente da Associação dos Comerciantes da Rua 24 Horas, Luiz Felipe Nodari.

Hoje, das 16 lojas em funcionamento, 12 são voltadas ao segmento da gastronomia: Chocolatine, Pastelaria Curitiba, Liquori Café, Prinzen, Bávaro, Fresh Juice, Subway, Hibari, Top Burguer, Crepes a Dois, Florybal, Koda Pub & Kitchen e Koda Healthy To Go. No local, o público pode saborear preparos das mais variadas vertentes gastronômicas, como pasteis, comida japonesa, buffet por quilo, cafés especiais, cervejas artesanais, sucos, chocolates, crepes, sanduíches, preparos saudáveis e hambúrgueres.

“A Rua 24 Horas ressurge como um novo polo gastronômico na cidade. O que nos favorece muito é a localização central, já conhecida por todos. Queremos dar esse novo posicionamento e consolidar o espaço promovendo encontros e festivais que agradarão o público curitibano. Somos uma opção muito interessante para todos, em qualquer refeição do dia, pois oferecemos opções para todos os gostos e bolsos”, completa Nodari.

O espaço, que chegou a ficar abandonado, hoje conta com uma infraestrutura completa, com serviços de limpeza e segurança ininterruptos. São mais dezenas de mesas disponíveis, com capacidade para acomodar centenas de pessoas sentadas. Além dos espaços comuns, várias lojas possuem espaços próprios para acomodar confortavelmente o público.

Sobre a Rua 24 Horas

Inaugurada em setembro de 1991, pelo então prefeito Jaime Lerner, a Rua 24 Horas é um dos principais pontos comerciais e turísticos da cidade de Curitiba. Com projeto arquitetônico de Abrão Assad (que também projetou a estufa do Jardim Botânico de Curitiba), Célia Bim e Simone Soares, o complexo sempre chamou atenção de quem mora e visita a capital paranaense. A rua possui 120 metros de extensão e 12 de largura, e sua cobertura é formada por 32 arcos. Outro destaque fica por conta, é claro, dos dois clássicos relógios que marcam a hora.

A Rua 24 Horas fica na Rua Visconde de Nácar (sem número), no Centro de Curitiba, e funciona diariamente, das 10h às 22h. Além das opções gastronômicas, o espaço conta ainda com dois bancos (Caixa Econômica e Banco do Brasil), uma imobiliária (M. Camargo Imóveis) e uma loja de itens de beleza e cosméticos (Make Cosmética Urbana). Mais informações no sitewww.rua24horascuritiba.com.br.