Início Destaques Atraso de voo: é possível ter seu dinheiro de volta?

Atraso de voo: é possível ter seu dinheiro de volta?

COMPARTILHAR

Mais de 2,5 mil voos por dia não saem de acordo com o planejado no Brasil. Em alguns casos, você sabia que dá para ter o seu dinheiro de volta? Veja alguns exemplos em que os passageiros foram ressarcidos.

Tem papel?

Em 2017, um voo não pode começar pontualmente de Londres para Barbados por causa da falta de papel higiênico e fones de ouvido a bordo. Demorou algum tempo até que o equipamento necessário pudesse ser encontrado e assim o avião ficou esperando e demorou quase cinco horas para decolar. Todos os 280 passageiros do voo tiveram direito a uma compensação de 2.500 reais (700 dólares) por pessoa.

Chá das cinco: a “nem tão” pontualidade britânica

Recentemente, houve irregularidades no tráfego aéreo devido à falta de materiais a bordo. Mesmo com o avião decolando a tempo de Glasgow para Tenerife, ele retornou pouco depois e precisou fazer um pouso de emergência em Manchester por causa da falta de água para a preparação de café e chá. Os passageiros afetados foram reagendados para outro voo.

Saideira que não saiu muito bem

Com destino a Nova York, um avião do Aeroporto Schiphol, de Amsterdã, nem sequer decolou. Embora não faltasse nada para a tripulação, o copiloto da aeronave fez um teste de nível alcoólico e nele foi medido um nível que excedeu o limite máximo permitido. O piloto teve que pagar a conta salgada de 3.400 euros de multa e o voo foi cancelado.

Muitos que receberam pelo erro de dois

Na Finlândia, beber mais do que a conta também foi o motivo de problemas na operação de uma companhia aérea. Dessa vez, o problema veio dos próprios passageiros. Dois deles encheram a cara e a tripulação teve que remover os passageiros bêbados do avião e consertar uma janela quebrada, que foi destruída no calor do momento. Como a companhia aérea poderia ter resolvido o problema com antecedência, impedindo o embarque desses passageiros mais “festivos”, foi determinado em juízo que todos os passageiros afetados teriam direito a uma compensação financeira da companhia aérea.

Problemas de voo: são direitos dos passageiros

Cancelamentos e atrasos de voo podem dar direito a uma indemnização de até 2.500 reais (700 dólares) por passageiro. O valor da compensação é calculado a partir do comprimento da rota. O pedido de indemnização por direito depende do atraso real no local de chegada e da razão do voo cancelado ou atrasado. Passageiros afetados podem fazer valer sua reivindicação de compensação retroativamente, até três anos após a data do voo.

Circunstâncias excepcionais, como condições meteorológicas extremas ou emergências médicas, podem resultar na isenção da compensação da companhia aérea operacional.