Início Nacional Conheça os tesouros escondidos na orla carioca

Conheça os tesouros escondidos na orla carioca

COMPARTILHAR

Quem pensa em Rio pensa em praias, não? Copa, Ipanema e Leblon. Quem sabe Barra… Mas será que você nunca quis dar uma fugidinha da cidade grande e conhecer um lado mais escondido desse paraíso carioca?

Longe das barracas, prédios, caixinhas de som e redes de futevôlei, uma praia secreta se esconde. Na Zona Oeste do município, em direção ao Recreio, fica Grumari. O local é protegido por um perímetro de reserva ambiental, por isso, recomenda-se: chegue cedo.

O número de carros é limitado pela quantidade de vagas demarcadas pela Prefeitura (cerca de vinte). A sugestão é que os banhistas vão a pé ou de bicicleta, justamente para aproveitar o dia.

Crédito: Pixabay

O caminho é puxado. Quem pega a rota da Tijuca pela famosa Avenida das Américas, entra à esquerda na Estrada Vereador Alceu de Carvalho. A partir daí, são 6 quilômetros de estrada e, por fim, serra.

A chegada é majestosa, com vista para a areia clarinha e mar cristalino. Apesar de convidativo, o oceano é agitado. E quem domina são os surfistas.

Para casais e famílias, recomenda-se o banho de sol e caminhada pelos 2,5 quilômetros de extensão. Quem viaja com crianças não pode esquecer do isopor com bastante água e alguns lanches saudáveis. O local não costuma ter quiosques ou ambulantes.

Também recomenda-se o guarda-sol e protetor solar. Ah! E uma câmera não é nada mal. Afinal, poucos são os felizardos com essa paisagem.

Ao fim do dia e do passeio, não se esqueça de recolher embalagens ou materiais orgânicos. Só assim, manteremos esse paraíso tão bonito sempre preservado.

Crédito: Trilhas e Aventuras

Outras praias escondidas na capital fluminense

Prainha

Também na região Oeste do Rio de Janeiro, próxima a Grumari. Esta, ainda mais exclusiva para surfistas, com ondas de 3 metros de altura. Na curta faixa de areia, com 700 metros, pode (ou não, dependendo do dia), o visitante pode encontrar quiosques de sucos e sanduíches naturais, além do queridinho dos cariocas: o açaí.

Crédito: Bandeira Azul

Abricó

Com nome em homenagem a árvore frequentemente encontrada no local, a praia é a única do município onde é permitida a prática de naturismo. Por isso, não é recomendada para famílias com crianças.

Muito além do nu, a filosofia naturista compartilhada no local prega a reconexão do homem com a natureza e do cuidado ao meio ambiente.  Para a proteção dos visitantes, a Associação Naturista de Abricó informa que é proibido prática ou insinuação sexual e recomenda que local seja frequentado aos fins de semana, quando há fiscalização.

Crédito: Trilhas e Aventuras