Início Destaques São Bernardo do Campo, “Capital Brasileira do Turismo Industrial”

São Bernardo do Campo, “Capital Brasileira do Turismo Industrial”

COMPARTILHAR

por: Jefferson Cruz

Você já ouviu falar de Turismo Industrial? Este termo pouco conhecido para o turismo nas fábricas é uma realidade e, no estado de São Paulo uma cidade tem se destacado no setor e, atraído cada vez mais a atenção de visitantes.

Localizada na Zona Sudeste da Grande São Paulo, a cidade em questão é São Bernardo do Campo. Reconhecida pelo seu polo industrial e considerada o berço da indústria automobilística no país, o município tem aproveitado sua infraestrutura fabril para ensinar e movimentar o turismo local.

Para se ter uma ideia, só em 2018, o município atraiu mais de 7.260 pessoas e foram realizadas mais de 300 visitas. Atualmente, 15 empresas integram o programa em parceria com a prefeitura, superando 500 visitações por mês.

Do público visitante, a maior parte é composta por estudantes técnicos e universitários. De acordo com a Prefeitura, “cerca de 55% das pessoas são oriundas de outras cidades, estados e até países e, 6 a cada 10 participantes são do sexo feminino”.

A importância do município para o setor é tão evidente que em março deste ano, a “Capital Brasileira do Turismo Industrial”, recebeu do Governo do Estado de São Paulo, o título de Município de Interesse Turístico (MIT). Este prêmio confere a São Bernardo do Campo, uma verba anual de cerca de R$ 700 mil para o desenvolvimento de projetos relacionados ao turismo.

“Agora, na condição de MIT, São Bernardo do Campo utilizará seus primeiros recursos na revitalização e modernização dos Centros de Informações aos Turistas, na implantação de um Mirante e na construção de um Centro Turístico, que abarcará um Centro de Acolhimento ao Turista, um Centro de Informações, a sede do COMTUR/SBC, a sede do futuro São Bernardo Convention & Visitors Bureau, o Wellcome Center do Turismo Industrial e a sede do Departamento de Turismo da cidade, além de auditório e salas de capacitação”, afirma a Prefeitura.

(Crédito: Reprodução Prefeitura de São Bernardo do Campo)