Início Destaques Viajar e deixar o pet? Nunca

Viajar e deixar o pet? Nunca

COMPARTILHAR

Hoje em dia os pets são considerados parte da família e entram na rotina da casa, embarcando, até mesmo, nas viagens de férias. Segundo dados do IBGE, o Brasil possui a 4ª maior população do mundo de animais de estimação. Já são mais de 132 milhões de pets, entre cães, gatos, aves, peixes e outros animais. Pensando nos viajantes que gostam de passear com os bichinhos, muitos hotéis no Brasil têm se adaptado a essa nova realidade e se tornado estabelecimentos pet friendly. Disponibilizando um espaço amigável e com detalhes pensados para os animais, para que os turistas possam ter experiências inesquecíveis com as suas mascotes.

Ao viajar com os bichinhos, é necessário ficar atento às regras e exigências de cada estabelecimento, como a boa condição de saúde do animal, carteira de vacinação em dia, tamanho máximo, quantidade de pets por hóspedes, pagamento de taxas extras, responsabilidade com alimentação, higiene e quais áreas que eles podem circular. “São detalhes que devem ser considerados para que os donos e os animais tenham uma estadia tranquila e curtir momentos de descanso”, comenta o Diretor Executivo do Clube de Turismo Bancorbrás, Carlos Eduardo Pereira. As normas variam de acordo com cada hotel.

Para quem já está planejando a próxima viagem e quer levar o pet junto, o Clube de Turismo possui convênio com diversas redes de hotéis pet friendly preparadas para receber os bichinhos nas cinco regiões do Brasil. “É importante que o turista, antes de fechar a reserva, confira as condições da hospedagem e escolha um local que atenda as demandas do animal e do dono”.

Carlos Eduardo reforça que a família ao viajar com o pet também deve programar passeios e atividades que aceitem a entrada dos animais. Geralmente estabelecimentos pet friendly oferecem vasilhas com água e lanchinhos para as mascotes.